JavaScript não suportado

 

Estudantes começam a receber chips de dados para auxiliar nas atividades remotas

chips enviados por correios

Já estão chegando nas residências dos estudantes atendidos pelo programa Alunos Conectados - MEC/RNP - os chips de acesso à internet. A partir da relação de estudantes cadastrados no auxílio emergencial digital da UFRPE, durante o período remoto, a equipe da Pró-Reitoria de Gestão Estudantil e Inclusão (Progesti/UFRPE) enviou a primeira remessa de 1239 chips. 

O pró-reitor, Severino Mendes Júnior, informa que ainda serão enviados cerca de 800 chips, tendo em vista que muitos estudantes não responderam o formulário confirmando que querem receber e para onde desejam que seja enviado o chip. 

Nesta primeira remessa, foram adquiridos chips das operadoras Claro e Oi, que ficaram em segundo e terceiro lugar na licitação nacional. A empresa vencedora não tem cobertura em Pernambuco. O público selecionado foram os estudantes com renda mensal de até 1,5 salário mínimo atendidos no Auxílio Emergencial Digital da UFRPE.

Os chips terão 20GB de dados mensais e estão sendo enviados, via Sedex para os estudantes que preencheram o formulário com o endereço: Formulário para preenchimento do endereço de rebemimento do chip de dados.